Solicite um Contato

Solicite um contato
WhatsApp (51) 9240-7104
WhatsApp

Como acompanhar o comportamento do consumidor em tempos de pandemia e se preparar para a retomada.

Maicon Fuhr 08 de Maio de 2020

O que mudou durante a pandemia?

Olhe ao seu redor e perceba que desde o início do alastramento da pandemia de Covid-19 no Brasil e no mundo muita coisa mudou. É evidente, afinal estamos vivendo algo que nunca imaginamos viver, sem precedentes na história da nossa geração. Olhe além e perceba as pessoas nas ruas e nos estabelecimentos com um semblante fechado, um ar preocupado e com medo das consequências que ainda virão. As máscaras, antes usadas apenas por pessoas em hospitais, tornaram-se item essencial em nossas vidas, fazem parte do nosso dia a dia, seja no trabalho, a rua, no carro.  Note nas pequenas coisas que mudaram, como os produtos da padaria do seu bairro que antes ficavam ali, provocativos, expostos em balcões e agora ganharam mais proteção. Perceba a pilha de calçados abandonados na entrada da porta de casa, um hábito que poucos de nós tínhamos antes dessa pandemia. Ou você não sente uma sensação de sentir-se “sujo” quando troca de ambiente, quando saí a rua ou encontra ou encosta em uma pessoa ou uma superfície? Dessa forma, mudamos nosso estilo de vida em poucos meses e agora nossos melhor companheiro é o álcool gel, a água e o sabão.

Nossas vidas já mudaram muito além das recomendações sanitárias. Mudamos nossos hábitos e consequentemente nossa cultura. Aos poucos podemos retomar os hábitos como eles eram antes de tudo isso, outros, no entanto, devem mudar para sempre. Há quem afirme inclusive que as máscaras permanecerão conosco como um acessório de moda mesmo pós pandemia. Exagerado? Talvez.

 

Devemos nos preocupar com isso?

Simples, sabemos que nossos negócios (produtos e serviços) giram em torno do comportamento do consumidor e das suas necessidades. E essas necessidades nunca tiveram tantas mudanças como nas últimas semanas. A rapidez desse comportamento faz com que o que antes funcionava de uma forma, hoje não funciona mais e pode não voltar a funcionar depois da crise.

Assim, você pode continuar simplesmente tentando ou pode antecipar essa retomada com um planejamento mais assertivo de suas ações com base em informações de comportamento em tempo real. Saber o que as pessoas buscam nesse momento de pandemia enquanto estão em isolamento social, saber mais sobre seus medos, suas preocupações, suas vontades e desejos. É possível identificar muitos movimentos com rápidas análises e o melhor de tudo, de forma gratuita.

 

Você sabe como pesquisar tendências na internet?

Como? Provavelmente você já ouviu falar do Google Trends, ferramenta do Google que monitora tendências de buscas. Com ela, podemos captar muitos insights para melhorar o processo do nosso negócio e nos anteciparmos a alguns problemas que podemos enfrentar com esse novo cenário. Para você entender como a ferramenta funciona: em março deste ano, as buscas no Google do termo “como fazer álcool em gel” tiveram um crescimento de quase 5.000% em todo o mundo. Também  tiveram crescimento questionamentos como “posso pegar coronavírus duas vezes”, com um aumento de 600% e também um crescimento nas pesquisas por “delivery perto da minha casa”, apontando novos hábitos e comportamentos que antes não tínhamos e que agora irão nortear o mercado na retomada da pandemia.

Embora a ferramenta seja de fácil separamos alguns links que poderão lhe auxiliar no uso do Google Trends.

 

Caso necessite de ajuda, entre em contato conosco que estaremos a disposição para contribuir.

 

Fale com a gente

Gostou do que viu?

Deixe seu contato e fale um pouco sobre sua marca ou negócio.

Com certeza temos uma solução sob medida para você.

Ou ligue (51) 3065.2624.

Onde estamos

Rua Tapes, 1211, Ideal
Novo Hamburgo - RS
(51) 3065.2624
Abrir no waze